Novena de Nossa Senhora do Carmo - 8.º Dia Versão para impressão

8º DIA: MARIA, AO PÉ DA CRUZ

 

alt


À escuta da Palavra: Ao pé da cruz (Jo 19, 25-27)

 

Junto à cruz de Jesus estavam, de pé, sua mãe e a irmã da sua mãe, Maria, a mulher de Clopas, e Maria Madalena. Então, Jesus, ao ver ali ao pé a sua mãe e o discípulo que Ele amava, disse à mãe: «Mulher, eis o teu filho!» Depois, disse ao discípulo: «Eis a tua mãe!» E, desde aquela hora, o discípulo acolheu-a como sua.

 

Reflexão: João diz-nos que junto à cruz estavam Maria e João. Maria – a Mãe -, João – o discípulo predilecto – . A Virgem Maria está de pé junto à cruz: dá força ao seu Filho para que chegue a última hora. Esta passagem bíblica – muito grata ao coração de todo o carmelita – ensina-nos que no momento da dor não estamos sozinhos. Maria e Jesus estão connosco. E recorda-nos que o Senhor, morrendo, deu-nos a sua Mãe como bem precioso. Procuremos com a nossa vida ser agradecidos.

 

Oração: Maria, Mãe ao pé da cruz, fica junto de nós nas nossas cruzes quotidianas para que, como tu, saibamos estar de pé para aceitar e oferecer a nossa dor. Maria, Mãe junto à cruz, abre o nosso coração para que saibamos acolher-te em todo o momento, dom que Jesus nos deu ao morrer.

 

Compromisso: Aproximar-me de qualquer pessoa que sofre física ou espiritualmente.