A toda a Família Carmelita

Caros Irmão e Irmãs no Carmelo!

Gostaria de, neste momento, vos dirigir a todos uma saudação fraterna e amiga!Como certamente sabeis, no passado mês de Abril – 21 a 23 –, o Comissariado Geral da Ordem do Carmo esteve reunido em Capítulo na nossa Casa Beato Nuno, em Fátima. Tomámos decisões e traçámos orientações para o triénio 2008-2011. Foi eleito um novo Conselho do Comissariado. Os meus confrades pediram-me para exercer o serviço de Comissário-Geral. Nessa condição, aproveito este excelente veículo de informação para saudar toda a Família Carmelita. Esta Família engloba todas as instituições e pessoas que se inspiram na Regra de Santo Alberto e na tradição e valores contidos na Espiritualidade Carmelita. É agradável sentir que sou irmão entre muitos irmãos espalhados pelo mundo e, de um modo particular, presentes em Portugal. E que todos procuramos encarnar na vida o ideal carmelita: “pela Oração, viver em Fraternidade ao serviço dos Irmãos”.

Agradeço ao Comissário-Geral anterior o seu empenho e dedicação. Agradeço ao Conselho que o ajudou e acompanhou. Agradeço a todos os confrades o trabalho e ânimo colocados na vida do Comissariado, de um modo particular àqueles que colaboram mais directamente com os diversos ramos da Família Carmelita. Agradeço a todas as monjas a sua oração e afecto. Agradeço a todas as outras religiosas que assumem o ideal carmelita para a sua vida. Agradeço a todos os animadores dos diversos locais onde há instituições e pessoas ligadas ao nosso carisma.

Ao iniciar esta missão, apelo ao vosso sentido de Família Carmelita.

Que todos caminhemos lado a lado ao longo deste triénio! Procurarei colaborar com todos, dentro das minhas possibilidades! Estarei disponível para acolher as vossas sugestões e partilhas de vida! Que todos vivamos como “ramos da mesma videira”, que é Jesus e o seu Evangelho!

Podeis contactar-me, via e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Que Nossa Senhora do Carmo vos proteja e ajude com a sua presença maternal.

Unido no Carmelo,

Frei Agostinho Marques de Castro, O. Carm.

Caminhos Carmelitas

  • Acompanhamento e oração
    A segunda linha é acompanhamento e oração. O Carmelo é sinónimo de vida interior. Os místicos e os escritores carmelitas entenderam que “estar em Deus” e “estar nas suas...
  • Santa Teresa de Jesus – 15 de Outubro
    – Por males que faça, quem começou a ter oração, não a deixe, pois é o meio por onde pode tornar a emendar-se e, sem ela, será muito mais dificultoso. […] A quem ainda não a começou, por amor...
  • Cura a lepra do meu coração e dá-me um coração de filho
    Dá-me um coração de filho! Sim, Pai, dá-me um coração de filho, um coração que confie e que se abandone, um coração manso e humilde, um coração que se entregue e se renda, e, sobretudo, um coração...
  • 28º Domingo do Tempo Comum – Ano C
    “A tua fé te salvou” (Lc 17, 19) «A tua fé te salvou» (Lc 17, 19). É o ponto de chegada do Evangelho de hoje, que nos mostra o caminho da fé. Neste percurso de fé, vemos três etapas:...
  • Peregrinação internacional aniversária de Outubro
    Nos dias 12 e 13 de Outubro realiza-se a Peregrinação internacional aniversária de Outubro à Cova da Iria que evoca a 6ª aparição de Nossa Senhora do Rosário de Fátima aos pastorinhos em 1917. O que...
  • Fidelidade e contemplação
    Deus abençoou o Carmelo com um carisma original para enriquecer a Igreja e para comunicar ao mundo a alegria do Evangelho, partilhando o que recebestes com entusiasmo e generosidade: “De graça...

Santos Carmelitas