Sobre a Misericórdia

alt


O que é a misericórdia? É a manifestação do amor, compaixão e bondade de Deus para com o homem nos seus “tormentos e misérias” (Lm 3, 19) físicas, sociais, morais e espirituais, para o socorrer, salvar e recuperar: “O Senhor não rejeita ninguém para sempre. Embora castigue, tem compaixão, porque é grande o seu amor” (Lm 3, 31-32).


Os salmos estão cheios de súplicas de misericórdia e de louvor a Deus por socorrer os seus fiéis nas tribulações. Exemplo: “É Ele quem perdoa as tuas culpas e cura todas as tuas enfermidades. É Ele quem resgata a tua vida do túmulo e te enche de graça e de ternura. (Sl 103, 3-4; cf 146, 7-9; 147, 3.6; 136). Como Deus é misericordioso para com os homens, assim estes são chamados a sê-lo para com os seus semelhantes.


A misericórdia na prática dos homens. O amor misericordioso manifesta-se na compaixão para com os outros, no cuidado das suas feridas e no dar a mão para a sua plena recuperação física, espiritual, moral e social. Isto traduz-se nas chamadas obras de misericórdia corporais e espirituais. O elenco é exemplificativo, devendo ser aumentado segundo os cuidados requeridos pelas carências das pessoas que se encontram.


As sete obras de misericórdia corporais.

  1. Dar de comer a quem tem fome.
  2. Dar de beber a quem tem sede.
  3. Vestir os nus.
  4. Dar pousada aos peregrinos.
  5. Visitar os enfermos.
  6. Visitar os presos.
  7. Enterrar os mortos.

As sete obras de misericórdia espirituais.

  1. Dar bons conselhos.
  2. Ensinar os ignorantes.
  3. Corrigir os que erram.
  4. Consolar os tristes.
  5. Perdoar as injúrias.
  6. Suportar com paciência as fraquezas do nosso próximo.
  7. Rezar a Deus por vivos e defuntos.

Caminhos Carmelitas

  • 13
    Dia 13! Que sorte porque é dia, que azar porque é dia 13; que sorte porque não é sexta-feira, que azar por já ser sábado ou por estar ou não a chover. Curioso… À medida que a fé vai perdendo...
  • 28º Domingo do Tempo Comum – Ano A
    Deus prepara o seu banquete para todos Na parábola do banquete nupcial descrita pelo evangelista São Mateus neste 28º Domingo do Tempo Comum (Ano A) Jesus traça o projecto que Deus concebeu para a...
  • A oração de Elias
    Retomamos o tema da oração na vida de algumas figuras bíblicas, contemplando hoje a oração de Elias. O profeta é exemplo de todas as pessoas de fé, que, não obstante tentações, desânimos e...
  • Jesus, pacifica-me
    Jesus, como é difícil conter aquilo que me vem ao pensamento e que me controla, enredando-me num torvelinho de sentimentos do passado, de medos do futuro, de preocupações sobre aquilo que...
  • 27º Domingo do Tempo Comum – Ano A
    Quando vier o dono da vinha, que fará àqueles vinhateiros? Jesus, prevendo a sua paixão e morte, relata a parábola dos vinhateiros homicidas, para admoestar os chefes dos sacerdotes e os anciãos do...
  • A cruz
    Assim, o compromisso de “tomar a cruz” torna-se participação com Cristo na salvação do mundo. Pensando nisto, façamos com que a cruz pendurada na parede de casa, ou a pequena que usamos ao peito,...

Santos Carmelitas