Se buscas Deus

Se buscas Deus

 

 alt


Há pessoas que desejam, sinceramente, encontrar Deus, porém não sabem qual o caminho a seguir. Sem dúvida, cada um tem de fazer o seu próprio percurso pessoal e ninguém pode indicar, a partir de fora, os passos concretos que devemos dar, porém há sugestões que podem ajudar a todos. Eis aqui algumas:

  1. Se buscas a Deus, antes de tudo, deixa de ter medo dele. Há pessoas que, quando ouvem falar de Deus, começam a pensar nas suas misérias e pecados. Este tipo de medo de Deus afasta-te dele. Deus conhece-te e deseja-te. Ele saberá encontrar o caminho para entrar na tua vida, por mais medíocre que ela seja.
  2. Não tenhas pressa. Age com calma. Há pessoas que, durante uns dias, movem-se muito, rezam, querem livros, buscam métodos para fazer oração; em poucos dias abandonam tudo e voltam à vida de sempre. Tu, caminha devagar! Descobre, humildemente, a tua pobreza e necessidade de Deus. Ele está junto de ti desejando fazer-te viver.
  3. Desce ao teu coração e chega às raízes mais secretas da tua vida. Tira todas as máscaras. Como podes ir disfarçado(a) ao encontro de Deus? Não tens necessidade de ocultar as tuas feridas nem a tua desordem. Pergunta-te sinceramente: O que estou buscando na vida? Por que não há paz no meu coração? O que necessito para viver com mais alegria? Por aí encontrarás um caminho para Deus.
  4. Aprenda a orar. Pode fazer-te bem, buscar um lugar tranquilo e reservar um tempo apropriado. No começo, não saberás o que fazer, e pode até ser incómodo para ti. Há muito tempo que tu não páras diante de Deus! Procura na Bíblia o livro dos Salmos e começa a recitar devagar algum deles. Detém-te somente naquelas frases que te dizem algo. Logo descobrirá que os Salmos reflectem os teus sofrimentos e as tuas alegrias, os teus anseios e a tua busca de Deus. Quando tiveres aprendido a saboreá-los, não mais os deixarás.
  5. Toma o Evangelho nas tuas mãos. Não é um livro a mais. Ali encontrará Jesus Cristo: ele é o verdadeiro caminho que te levará a Deus. Reserva tempo para lê-lo e saboreá-lo. Costuma-se dizer que o Evangelho é uma «regra de vida». E está certo. Porém, antes de tudo, ele é uma «Boa Notícia». Medita as palavras de Jesus e os seus gestos. Tu sentirás que algo começa a mover-se no teu coração. Jesus curar-te-á. Ensinar-te-á a viver.

Se fores constante e continuares a alimentar a tua vida neste pequeno livro no qual te encontras com Cristo, um dia descobrirás quanta verdade guardam as suas palavras: «Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não mais terá fome e quem crê em mim nunca mais terá sede.»

 

José Antonio Pagola 

Caminhos Carmelitas

  • 13
    Dia 13! Que sorte porque é dia, que azar porque é dia 13; que sorte porque não é sexta-feira, que azar por já ser sábado ou por estar ou não a chover. Curioso… À medida que a fé vai perdendo...
  • 28º Domingo do Tempo Comum – Ano A
    Deus prepara o seu banquete para todos Na parábola do banquete nupcial descrita pelo evangelista São Mateus neste 28º Domingo do Tempo Comum (Ano A) Jesus traça o projecto que Deus concebeu para a...
  • A oração de Elias
    Retomamos o tema da oração na vida de algumas figuras bíblicas, contemplando hoje a oração de Elias. O profeta é exemplo de todas as pessoas de fé, que, não obstante tentações, desânimos e...
  • Jesus, pacifica-me
    Jesus, como é difícil conter aquilo que me vem ao pensamento e que me controla, enredando-me num torvelinho de sentimentos do passado, de medos do futuro, de preocupações sobre aquilo que...
  • 27º Domingo do Tempo Comum – Ano A
    Quando vier o dono da vinha, que fará àqueles vinhateiros? Jesus, prevendo a sua paixão e morte, relata a parábola dos vinhateiros homicidas, para admoestar os chefes dos sacerdotes e os anciãos do...
  • A cruz
    Assim, o compromisso de “tomar a cruz” torna-se participação com Cristo na salvação do mundo. Pensando nisto, façamos com que a cruz pendurada na parede de casa, ou a pequena que usamos ao peito,...

Santos Carmelitas